Floricultura Cemitério Vila Alpina: a história das 13 almas

floricultura-cemiterio-vila-alpina

Um dos casos mais trágicos da história de São Paulo. Há quase quarenta anos um incêndio parou a cidade. Em plena uma sexta-feira tradicional, 1º de fevereiro de 1974, aproximadamente 756 pessoas distribuíam-se pelos 25 andares do Edifício Joelma (hoje nomeado Edifício Praça da Bandeira), localizado no nº 225 da Avenida Nove de Julho, Praça da Bandeira, região Central de São Paulo – Brasil.  Curto circuito ocasionou o acidente que matou 187 pessoas e deixou mais de 300 feridos.

Um caso emblemático foi a morte de 13 pessoas em um elevador que não puderam ser identificadas. As sepulturas atraem centenas de curiosos no Cemitério Vila Alpina, principalmente às segundas-feiras, dia das almas. Ao lado das sepulturas, foi construída a “Capela das Treze Almas”, onde diariamente muitos visitantes fazem suas preces agradecendo à Deus pelas graças alcançadas e também fazendo seus pedidos.

Floricultura Cemitério Vila Alpina

O Cemitério Vila Alpina tornou-se muito conhecido, porque nele estão sepultados os treze corpos não identificados das pessoas que tentaram escapar pelo elevador, no trágico incêndio do edifício Joelma, uma das maiores tragédias de todo o Brasil. O local ficou conhecido algum tempo depois do sepultamento das 13 vítimas não identificadas do Joelma, quando pessoas ouviram gemidos e choros misteriosos.

O Cemitério Vila Alpina é a forma popular que é conhecido o Cemitério São Pedro, localizado na Vila Alpina, na Avenida Francisco Falconi, 837 – São Paulo – SP. O espaço é uma necrópole da cidade de São Paulo-SP. Junto ao Cemitério Vila Alpina (Cemitério São Pedro) encontra-se o Crematório Vila Alpina (Crematório Jaime Augusto Lopes), sendo ambos, necrópoles da cidade de São Paulo.

Inaugurado em 1971, o empreendimento  se estende por uma área de aproximadamente 220.000m². Segundo dados recentes, no Cemitério Vila Alpina (Cemitério São Pedro), ocorrem diariamente em torno 20 enterros e 20 exumações. Nele trabalham aproximadamente 40 funcionários.

Flores das 13 almas

Muitos levam flores a Capela das 13 almas e há quem acredite em milagres provenientes destes atos. Um bom local para pesquisar modelos diferentes de Coroas de Flores é o portal www.coroadefloresbrasil.com.br/.

Quem visita os túmulos das “Treze Almas” no Cemitério São Pedro, sempre pode verificar a existência de um copo com água sobre cada sepultura, isso com o objetivo de tranquilizar as almas dessas vítimas do incêndio do Edifício Joelma, as quais morreram carbonizadas em um imenso calor do acidente.

Seja uma simples rosa branca ou a maior coroa de flores de crisântemos do mundo, representam gestos de carinho que simbolizam muito carinho pela pessoa que se foi. Afinal, transformar o cinza em cor e a tristeza em saudade, é o conforto que todos buscamos.

Nosso Blog

VER TODAS